CASAMENTO! Será pra mim? Oh, yes, it is!

>> sexta-feira, 8 de maio de 2009

Antes de começar a organizar meu casamento, sempre tive a impressão de que são todos iguais. Só muda (alguma coisa) na decoração e, talvez, as flores. Pode ser por isso que nunca tenha tido o real interesse de fazer uma festa dessas.
Mas, depois que fui pedida em casamento pelo meu namorado, comecei a pensar que esse dia nunca mais se repitirá (pelo menos é a nossa meta!), e seria interessante que fosse marcada na nossa história como um dia especial.

As festas de casamento, em geral, nunca me agradaram. Nunca gostei muito da pompa. Acho até que facilmente pode se tornar bem cafona, se não forem observados alguns pontos mínimos, porém, de suma importância.

Por exemplo: pedir dinheiro.
Acho de extremo mal-gosto. É óbvio que cada um pensa de uma maneira. Tem gente que acha bacana, mas eu abomino. Não faria isso, jamais.

Outra coisa que eu não suporto são os arranjos de flores enormes nas mesas. Acho uma ostentação desnecessária. Sem falar que, às vezes, você não consegue enxergar as pessoas que estão do outro lado!

Também não sou fã dos jantares. Ninguém me convence que ele seja uma boa pedida.
Primeiro, porque paralisa a festa. Ficam todos sentados nas mesas ouvindo o Frank Sinatra cantar até terminar tudo. AMO o Sinatra, mas durante jantares de casamento, sinceramente, me dá um sono...

Segundo, porque se você quer que as pessoas se divirtam, acho que empaturrá-las de carne de cordeiro com arroz a piamontèse não ajude muito.
E depois do banquete ainda vem a sobremesa, os chocolates, o bolo. Tudo isso misturado com vinhos, uísque, champagne, cerveja, caipirinha, etc. Você ainda quer que as pessoas lotem a pista de dança? É indigestão na certa!

Existe alguns detalhes que precisam ser muito bem observados se você não quiser que a sua festa se torne um pesadelo para você. Antes de qualquer coisa, ela precisa ter a cara dos noivos.

E pensando nessas coisas, cheguei à seguinte conclusão:
- Não sou uma noiva baladeira. Portanto, não quero uma festa para varar a noite. Prefiro um casamento de fim de tarde, com cerimônia e festa no mesmo local, terminando, no máximo 1h da manhã. Afinal, eu gostaria de ter uma noite de núpcias, e não uma manhã de cansaço e ressaca.

- Sou agitada. Gosto de ver as pessoas circulando, felizes, e não bocejando. Por isso, quero um coquetel com mini degustação. Não quero que meus convidados fiquem presos à mesa com copos e talheres que não tem a menor ídéia de como usar!

- Detesto normalidade. Gente normal me cansa tanto, que não suportaria fazer uma festa convencional. Por essa razão, desde já estou pensando em como posso fugir do formal, e transformar meu dia em um momento irreverente, sem pecar pelo excesso, claro.

- Acredito que menos é mais, sempre. Odeio ostentação, champagne francesa, uísque importado e talheres de prata de lei. Quero que meu casamento tenha identidade própria, que combine comigo e com meu noivo. E nós, somos pessoas simples. Não queremos nada além do que é necessário. Elegante, simples e bucólico.

Por enquanto é só. Mas, da forma como me rendi ao tema "casamento", acabei me apaixonando perdidamente pelo assunto e minha mente não pára de fervilhar com idéias originais e fresquinhas, já já estarei de volta!

Um beijo à todas,
Michele

2 comentários:

Elisa 7 de outubro de 2009 15:53  

Michele, porque é tão difícil fazer os outros compreenderem tudo isso, se só o que eu estou pedindo é apoio??? Meu noivo e eu somos de cidades diferentes, e ainda moramos numa terceira, que mal tem em querer fazer numa quarta, já que os convidados teriam que viajar mesmo? Levei um banho de água fria esses dias qdo apresentei essa idéia...mas como me garantiu o meu amado noivo: "a festa vai ser onde tu escolher!!!" Adorei!!!

Martinha Nóbrega 14 de janeiro de 2010 21:58  

Como me identifiquei com esse post!! É exatamente dessa forma que penso também. Tenho ido a inúmeros casamentos ultimamente e estou começando a saga de organizar o meu e não quero nada muito tradicional e convencional. Quero uma coisa que seja realmente a nossa cara!! Única coisinha que difere é que somos festeiros e quero uma festa pra gente aproveitar o máximo com nossos amigos. Beijo

Noivas Online