365 dias to go!

>> domingo, 6 de setembro de 2009

À essa hora, daqui há exatamente 365 dias, estarei eu, linda e cacheada, em uma suíte do Hotel Santa Teresa, me preparando para o dia mais importante da minha vida! Não consigo imaginar como será a emoção desse dia! 

Quando começamos a planejar nosso casamento, ficava super ansiosa imaginando que ainda teria quase um ano e meio pela frente. Agora, o tempo corre, as coisas que não dependem somente de mim estão atrasadas (ai, ai, ai) e eu faço de tudo para atrasar também o relógio, mas não consigo!

Desde abril, ando às voltas com os preparativos do casório. No meu ateliê em casa, minhas centenas de Côté Sud e Casa Vogue que abarrotavam a estante, agora dividem espaço com outras dezenas de revistas para noivas. Centenas de latinhas para amêndoas tomam conta do espaço que antes era só das minhas pranchas de decoração. Outras dezenas de cachepots de zinco estão espalhados por todo o meu apartamento, servindo como recipientes para flores nas janelas, tomando o lugar das minhas louças dentro da cristaleira, e até servindo de cofrinho! Os papéis de scrapbook e fitas de cetim estão por todos os lados. Pastas e mais pastas com fotos inspiradoras de casamentos americanos e dezenas de planilhas de todos os tipos entopem meu notebook, e eu não consigo me livrar de tantos papéis de orçamentos, rascunhos, desenhos e cálculos!

Ultimamente, tenho respirado casamento. Logo eu, que nunca fui de gostar de fru-frus, às vezes me pego na cama sem conseguir dormir, tentando decidir se prefiro bem-casados com laços simples ou Chanel, embalados em tecido ou papel, lisos, estampados ou de poá! É uma loucura a quantidade de detalhes que tudo isso envolve, e como ficamos extremamente indecisas sobre eles. O mais engraçado é que no casamento dos outros eu sempre sei a resposta para tudo o que eu acho que ficaria mais bacana. Já no meu...rs

Apesar de tudo, de toda a "indecência" de alguns orçamentos, da falta de profissionalismo de algumas pessoas estressantes e dos pitacos sem noção de gente que eu não pedi nenhuma opinião (e nessas horas a gente disfarça, dá uma risadinha e muda de assunto), cada detalhe é maravilhoso!

(Peço licença para dar uma viajada). Fico pensando que, se todas as mães dizem que gerar um filho é o momento mais sublime da vida de uma mulher, e se a fase dos preparativos do casamento é tão maravilhosa para nós noivas, a ponto de não conseguirmos imaginar uma emoção ainda maior, então, estar grávida deve ser como ter um orgasmo transcedental que dura 9 meses!! Porque, para ser melhor do que o que estou vivendo agora - e eu acredito que seja mesmo -, só pode ser alguma coisa próxima disso.

Enfim, só peço à papai do céu que cada minuto do meu relógio tenha um pouco mais que 60 segundos, para a gente ter tempo de fazer tudo o que precisamos fazer, do jeito que queremos fazer.

Ainda estou preocupada com o fator grana, mas esse não é mais um assunto que me tira o sono. Como a avó do meu Rafinha dizia, no final tudo sempre dá certo. E se ainda não deu, é porque ainda não é o final. Estou acreditando nas palavras da vovó Vilma como nunca! E, se ela, junto com minha vovó Izabel, estiver agora trabalhando no céu, na repartição de anjinhos que cuida especialmente de nós, noivas, sei que vai dar certo!

Para Rafinha:
Amor, tenha paciência comigo, tá? Eu dou umas surtadas de vez em quando, mas é só porque quero que as nossas famílias e amigos tenham uma tarde tão emocionante quanto a que nós certamente teremos, ainda que fôssemos somente eu, você e o Elvis de Las Vegas.

Te amo um monte!
Bjs à todas!

1 comentários:

Aline Sanromã 9 de setembro de 2009 14:59  

Amore,
Parabéns pela data! Um aninho, quem diria hein???? Dia 4/9 vc vai estar lá na Casa de Sta Tereza me vendo linda loira. E eu, dia 6/9, também estarei lá te vendo linda e cacheada de noivinha!
Sua amizade é meu grande presente nesse novo momento da minha vida!
Te adoro! Beijos

Noivas Online